Pensar Hoje - retratos do agora

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

A luta

Vá, Bóreas, ser titã, espalhe a todos sorte
Sejam outros então livres de toda sorte
Espalhe com sua fúria o vento deste norte
Sem éolo, sem luxúria, roga: que seja forte!

Venha, Caos, crie a força a reger esta terra
E que Gaia floresça crescendo até Canberra
Dos conhecidos, Ursa e Camaleão, não cerra
A porta vital, nasça e, dependendo, morra

Sejamos ambos parte de uma história, luz
É só parte da vida que tem de morrer.
Sejamos ambos parte de uma história, força
É só parte de um ciclo que tem de passar.

Mas venha, sê luz e escuridão bem comigo...

3 comentários:

Marcia Soleni disse...

versus
versus

tá antagônico e lindo!

Tatiani disse...

como infame mequetrefe, desejo nunca ser privada de somente apreciar o que tal intelecto é capaz de me dar!
Quem irá julgar? Creio q saio na melhor das vantagens ao saborear do ato!

amei*

bzh*

rê-chan disse...

ahhhhhh
esse menino é um talento =]
um picasso das letras
se é q vcs me entendem ;D
hahahahahahaha
adoro-te :*